26 de mai de 2015

Qualquer dor vira texto

Primeiro texto do ano pra Confeitaria, curtinho e intenso, rs. Lê lá :)))

http://confeitariamag.com/janbitencourt/parecia-real/


PARECIA REAL

Não é justo que a paixão acabe antes, somente para um dos lados.
Foram apenas três luas cheias juntos.
Sobrou o sabonete líquido que prometia oitenta banhos.
Mas nada dura tanto hoje em dia, não é?
Enquanto você volta a pescar mulher no Tinder,
me volta a lembrança da gente dançando uma música lenta na farmácia.
Como eu estava bonita no jantar de Carnaval, através dos seus olhos preocupados.
Da dificuldade de ficar 72 horas sem tomar vinho com você pro exame de sangue.
Compartilhamos sardas, dragões chineses e dentes que quebram de tanto ranger.
Como impedir os pensamentos de voltarem para trás, a cada vez que pego a estrada?
Você prometeu não me machucar, se eu não pedisse.
Mas saiu para caçar problemas e voltou cheio deles.
Agora ainda sobram cortes pra cicatrizar.
Acho que machucou mais saber que você não se importa.
Vai passar. Só não sei ainda acender um cigarro noutro, como você.
Sei, sim, ver o lado cheio do copo de Negroni.
E já ando gostando de voltar a usar salto alto.

Nenhum comentário: